Vereador Delegado Wellington e prefeito definem concurso público para escolha do design do Marco Zero

Para definirem os trâmites do concurso para a eleição do design do monumento do Marco Zero, o vereador Delegado Wellington (PSDB), se reuniu com o prefeito Marquinhos Trad, em seu gabinete na Prefeitura, na tarde de ontem (22). Após a sansão da Lei nº 6.004/18 que define o Marco Zero da cidade de Campo Grande, projeto de autoria do vereador, agora será lançado concurso público que escolherá a melhor arte para estampar o ponto geográfico. “Vamos lançar edital para promover o concurso público que escolherá o melhor design do monumento, algo que represente nossa história, nosso povo e principalmente, algo que agregue valor a um marco tão simbólico para nossa Capital”, destacou o vereador.

O prefeito Marquinhos Trad aprovou a nova legislação na última semana e prometeu agilidade nos trâmites para a elaboração do concurso público até o aniversário de Campo Grande, para isso, disponibilizou equipe da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana) e intermediou contato com o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo). “Essa equipe auxiliará no que for necessário para a elaboração do edital do concurso a tempo”, ressaltou o prefeito.

O marco está localizado no gramado em frente ao monumento conhecido como “Carro de Boi”, no cruzamento da Avenida Fernando Corrêa da Costa com a Avenida Presidente Ernesto Geisel, próximo ao Horto Florestal. No gramado será construído um Marco de concreto com uma chapa de bronze no topo.

Marco Zero – estabelece as medições de distâncias relativas ao município e uma das ferramentas utilizadas para mensurar com precisão essas distâncias são os chamados marcos geodésicos que formam o Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), sendo, por exemplo, uma chapa de ferro fixada em uma superfície de concreto onde são gravadas informações relativas à latitude, longitude e altitude de determinado local. O Marco Zero expressará a ideologia do período em que foi concebido e implantado, um forte sentimento da cidade de Campo Grande e ressalta o papel central na formação do Brasil.

Texto: Solange Mori
Fotos: Sidney Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *