Delegado Wellington promove livro de poesia sobre autismo escrito por crianças da Capital

Por amor a profissão, os professores Ádemir Barbosa dos Santos e Jucimara Inácio, acompanhados de um aluno autista, deram início há 4 anos na escola municipal Irene Szukala, no Jardim Hortências em Campo Grande, um projeto de inclusão através da poesia.

Apoiado pelo Vereador Delegado Wellington (PSDB), em um trabalho conjunto entre alunos, professores e coordenação foi possível criar um livro de poesia, intitulado ‘Autismo: mentes abstratas, sentimentos concretos’, que será lançado oficialmente no dia 3 de setembro.

A motivação para criar o projeto foi de diminuir o preconceito e mostrar as pessoas o que é o autismo, tendo em vista que na escola, há um total de 12 autistas em um universo de 60 crianças com alguma deficiência.

No início a ideia é que fosse algo simples, apenas digitado, impresso e entregue aos alunos, mas com o apoio do parlamentar foi possível expandir o projeto.

Durante a sessão plenária desta quinta-feira (29), Delegado Wellington apresentou a obra aos demais vereadores e parabenizou a coordenação pedagógica da escola pela iniciativa.

“Este é um projeto muito importante, onde de forma lúdica e poética, alguns alunos descrevem a convivência com outros alunos autistas. O projeto vale muito a pena ser replicado em outras escolas. Portanto, queria parabenizar os professores e alunos responsáveis pela obra, pois muito tem se tratado nesta casa de leis sobre o espectro autista, e atitudes como essa merece a devida atenção. Além disso, quero convidar todos para o lançamento do livro na próxima terça-feira (3), no colégio Irene Szukala”, disse Delegado Wellington.

Serviço:
Lançamento do livro “Autismo: Mentes abstratas, sentimentos concretos”
Produtores: Ádemir Barbosa dos Santos e Jucimara Inácio
Data: 03/09/2018 às 18h
Local: Escola Municipal Irene Szukala
Rua: Iemanjá, 1025 – Jardim das Hortências