Delegado Wellington enaltece trabalho do governo do Estado pelo recorde em abertura de empresas em MS

Apesar da pandemia provocada pela COVID-19, Mato Grosso do Sul, teve 873 novas empresas abertas apenas no mês de julho de 2020, o maior número em toda série histórica da Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso o Sul) desde janeiro de 2000. Durante sessão ordinária desta quinta-feira (13), o vereador Delegado Wellington parabenizou as ações do governo do estado através Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“Esse é um excelente resultado tendo em vista o momento de pandemia em que enfrentamos. E o governo do Estado através da SEMAGRO tem trabalhado para a retomada da economia do estado, principalmente através do programa Prosseguir que tem dado ferramentas para que o setor empresarial possa responder positivamente gerando assim emprego e renda em nosso Estado”, destacou Delegado Wellington.

Das 873 novas empresas abertas em julho no Estado, foram 530 no setor de Serviços, 305 no Comércio e 38 Indústrias. Entre os municípios, Campo Grande lidera no número de empresas abertas no mês de julho de 2020, com 367 novos estabelecimentos.

O melhor desempenho, até então, havia ocorrido em abril de 2013, com 811 empresas. No acumulado de janeiro a julho de 2020 foram abertas 4.399 empresas, o melhor desempenho para o período nos últimos sete anos, no exercício 2013, no mesmo período foram abertas 4.657. Os dados da Jucems não incluem os MEI’s – Micro Empreendedores Individuais, que são constituídos de forma virtual em portal próprio do Governo Federal.

De acordo com a atividade econômica principal, os segmentos que mais se destacaram foram transporte rodoviário de cargas (40); atividade médica ambulatorial (25); comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (24) e construção de edifícios (21); holdings de instituições não-financeiras (18) e serviços de escritório e apoio administrativo (18).