Delegado Wellington vota pela derrubada do veto em projeto que garante acessibilidade aos deficientes físicos e idosos

Mesmo com voto contrário do vereador Delegado Wellington (PSDB), os vereadores de Campo Grande mantiveram o veto do executivo ao Projeto Lei 9.678/20, que dispõe sobre a adequação do dispositivo de travessia de pedestres nos semáforos, a utilização por deficientes físicos e idosos.

“Nós precisamos criar politicas publicas voltadas ao envelhecimento seguro. Todos nós precisamos cuidar do nosso futuro, olhando com muito carinho para nossos idosos. Os idosos são úteis e ativos em nossa sociedade e é esse olhar que precisamos ter, proporcionando a eles acesso ao conhecimento e adequação da mobilidade urbana. Portanto voto pela derrubada do veto neste projeto para garantir uma cidade segura aos idosos e deficientes”, justificou Delegado Wellington.

Conforme texto da matéria vetada, os dispositivos de travessia de pedestres nos semáforos deveriam ser adequados, em relação ao tempo de passagem, para utilização por pessoas com deficiência e idosos.

Quanto à adaptação das travessias, a proposta previa que os semáforos já existentes deveriam ser adaptados às necessidades gradativamente pelo Poder Executivo, por meio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito – AGETRAN, em todo o trânsito da Capital.